OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

HALLE BERRY TRAZ TODA SOFISTICAÇÃO EM UM FRASCO DE PERFUME

Halle Berry é uma atriz especial. Em 2002, ao conquistar o Oscar de melhor atriz com uma interpretação no filme Monster's Ball (A Última Ceia), Halle Berry entrou para a história do cinema. 
No mesmo ano tornou-se a primeira atriz negra premiada com o Oscar a fazer uma bond girl, Jinx, num filme de James Bond, Die Another Day (007 Um Novo Dia Para Morrer).

REVEAL BY  HALLE BERRY

Para celebrar em grande estilo, a Coty Inc. traz para o mercado brasileiro o lançamento de Reveal by Halle Berry, uma tentadora fragrância que traduz a beleza, o glamour e a confiança de uma mulher ao mesmo tempo em que revela sua intrigante complexidade

Trata-se de uma fragrância inesquecível, que capta o espírito do glamour clássico, mesclando-o com toques de modernidade e sensualidade. O equilíbrio perfeito entre a sofisticação que não sai de moda e a elegância sem esforço, Reveal é um remanescente do que significa ser naturalmente glamoroso – uma intrigante mistura de confiança, carisma, autenticidade... com um toque de mistério.

“Reveal é um convite para mulheres que querem dividir suas histórias, revelar algumas partes delas próprias que ainda não foram reveladas”, disse Halle Berry. “É uma fragrância atemporal, que eu acredito que fará as mulheres que fará as mulheres se sentirem mais bonitas e mais confiantes”, afirmou. Hally Berry é um dos grandes tesouros de Hollywood, mas apesar de ser uma pessoa pública, ela permanece um enigma. “Reveal é sobre o mistério por trás da mulher, a indescritível qualidade que cativa e nos intriga”, afirmou Steve Mormoris, Senior Vice President Global Marketing da Coty Beauty.

A FRAGRÂNCIA
Criada em parceria com Richard Herpin, da Firmenich, essa linda composição floral amadeirada é uma essência versátil com uma exclusiva e característica mistura de sofisticação clássica com a sensualidade moderna.
Reveal abre com estouro de notas frescas e frutais. Mimosa, as flores prediletas de Halle Berry, misturam-se com notas médias de pêssego, mel melão? e frutas vermelhas para criar a sensação de luxo e esplendor. Em seu elegante coração, um suave buquê floral de plumeria, Iris e pétalas de neroli na pele, evocam a ultra feminilidade. A fragrância conta com uma sedutora base de vetiver, cachemira e almíscar, proporcionando uma cremosidade adicional, que deixa um rastro inebriante.

Halle Berry comenta: “Reveal tem o equilíbrio perfeito. Ele é leve e fresco, mas se torna sexy e misterioso assim que você o borifa em sua pele. Ele é uma parte especial da sua composição. A essência da Iris pode ser um pouco escura ou amadeirada, mas eu escolhi a faceta que passa a sensação aveludada e de maciez”.

Notas de Cabeça : Mimosa, Suco de Pêssego, Melão, Frutas Vermelhas
Notas de Coração: Iris, Flor de Ameixeira, Neroli
Notas de Fundo: Vetiver, Madeira, Musk
Perfumista: Richard Herpin of Firmenich

O DESIGN
O design do frasco Reveal segue o requintado estilo vintage, com um toque contemporâneo. Inspirando em art déco e nas próprias memórias de Halle, de um objeto amado de arte, o frasco é curvado como uma lágrima de quatro lados, permeada com sulcos, o que a torna lindamente tátil. O vidro resistente é transparente para permitir que o líquido dourado brilhe dentro dela, como uma tampa de jóis da corte.
Igualmente chique e refinada é a embalagem do perfume, com os mesmos sulcos que ecoam no frasco, colorida no mais puro dourado, em complemento ao sumo de Reveal
Designer: Jane Tarallo

A CAMPANHA
Na campanha impressa, o fotografo Cliff Watts fez uma imagem fantástica, que consegue passar toda a beleza que existe em meio da simplicidade de Halle. O glamour natural da atriz que irradia, enquanto sua expressão sugere que um segredo está prestes a ser revelado.
Criada pelo inigualável diretor Jonas Akerlund, a campanha publicitária de TV revela uma rara faceta da atriz, uma sedutora Halle, que normalmente permanece longe das câmeras. Envolvida em uma íntima sessão de entrevista com um homem misterioso, Halles, nos proporciona a visão rápida de uma mulher de verdade por trás de um visual sexy e cheio de confiança. Conforme a entrevista de desenrola, um clima de desejo paira no ar, em um instigante momento de sedução sem palavras, revelando algumas, mas não todas as coisas.


FICHA TÉCNICA DA CAMPANHA:

Agência de Propaganda:
Laird & Partners
Diretor de Criação:
 Hans Dorsinville (Laird and Partners)
Fotografia:
Cliff Watts
Diretor de TV:
Jonas Akerlund
fotos: divulgação
SAC – Passion Perfumes e Cosméticos – 0800 55 02 03
Distribuidora das Fragrâncias Halley Berry no Brasil

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Bob Esponja canta no Brasil

Nossa esponja preferida da Fenda do Biquíni chega em terras brasileiras para apresentar um musical animado: “A Esponja que Podia Voar”.

Calça Quadrada solta a voz em quatro cidades

Bob Esponja interage com os peixes da Fenda do Biquíni

Na história do show, Bob Esponja sonha em voar com as águas-vivas; na foto, ele aparece só de cueca!

Lula Molusco importuna a todos com sua flauta até quando está em cima de um palco, durante o show do Bob Esponja

A turma toda canta muito e dança no palco

Até a lanchonete do Senhor Sirigueijo aparece no show

O malvado do Plâncton rouba a cena do espetáculo


Um barco de piratas toma conta do palco


O show conta uma história superdivertida da esponja do mar que deseja realizar um de seus maiores sonhos: voar com uma água viva! Será que Bob conseguirá?

O espetáculo chega ao Brasil em março e passará por quatro capitais até abril de 2012.


fotos: divulgação


São Paulo: Credicard Hall: 10, 11, 17 e 18 de março
Rio de Janeiro: Citibank Hall: 24 e 25 de abril
Brasília: Centro de Convenções Ulysses Guimarães: 31 de março e 1 de abril
Belo Horizonte: Chevrolet Hall: 7 e 8 de abril


IVETE SANGALO:RETROSPECTIVA DE LOOKS DE CARNAVAL

Além de comandar um trio-elétrico como ninguém, Ivete Sangalo não poupa nos detalhes quando o quesito é figurino.

CARNAVAL DE 2004

 Ivete Sangalo agitou os foliões com um visual cheio de detalhes. Acessórios em pedrarias, flores e cristais marcaram presença nos looks. Destaque para o vestido todo branco tomara-que-caia.

CARVANAL DE 2005


Ivete Sangalo apostou em um visual “Tropical”. Vestidos coloridos ou estampados foram combinados a acessórios como flores no cabelo, cintos, pulseiras e brincos com pedrarias. Maquiagem colorida e barriga de fora também foram destaques no figurino.

CARNAVAL 2006

Ivete Sangalo apostou num visual bem minimalista para comandar o Carnaval baiano. Com o cabelo preso, a baiana usou vestidos leves e estampados, combinados a acessórios diversos como pulseiras e argolas.

CARNAVAL 2007



Ivete Sangalo apostou em acessórios de cabeça e corpetes justíssimos. Entre os destaques, a cantora usou um chapéu de cowboy vermelho e um body verde de renda bordado com cristais.

CARNAVAL 2008

No carnaval de 2008, Ivete Sangalo resolver seguir a linha “Puro Glamour” e chegou a apelidar um de seus looks de “Eu sou o sol, sou eu que brilho”, em referência à música de Jorge Benjor.
Com a pele bronzeada, a cantora apostou em looks inspirados nas dançarinas “vedetes”, com espartilhos e microvestidos ornamentados com muitas plumas, penas e cristais, além de acessórios na cabeça.


CARNAVAL 2009




 foi a vez de Ivete Sangalo agitar os foliões com um visual “Deusa”. A musa do axé apareceu vestida de deusa grega, africana, egípcia e indiana.
Nas fantasias, abusou dos vestidos longos e leves ornamentados com brilhos e detalhes bordados, além dos acessórios de cabeça. Nas cores, muito dourado, azul e branco.



CARNAVAL 2010




Com o tema “Soltando os Bichos”, Ivete Sangalo apareceu no Carnaval 2010 vestida de animais como pássaro, cavalo, zebra, onça e borboleta.
A cantora exibiu a boa forma em vestidos e bodies curtinhos e estampados,
com pedrarias, penas e paetês.
Um dos destaques deste ano foi a homenagem que a baiana fez ao Vitória, seu time de coração, usando um vestido vermelho e preto, que lembrava uma onça pintada.


CARNAVAL 2011


Com o tema “Hoje é dia de Ivete”, o figurino da musa baiana para o Carnaval 2011 foi uma homenagem ao momento vivido pela cantora na época. Os looks, idealizados pela estilista Patrícia Zuffa, tiveram inspiração nas aves por conta de Ivete chamar o filho, Marcelo, de “passarinho”.
A baiana surgiu como águia, pássaro e cisne negro, além dos looks inteiro branco e inteiro dourado. Os colans apresentavam muitas penas e brilhos aplicados, uma das marcas dos figurinos da diva.

CARNAVAL 2012






O temas das roupas foi “Todo mundo na Bahia“, ou seja, o mundo no carnaval de Salvador
Na quinta-feira, dia 16 de fevereiro, Ivete usou um vestido curto de um ombro só, inspirado na América Central. Colorido, o modelo – assim como os usados nas outras noites – continha uma cauda. Antenada com as tendências, Ivete usou os cabelos soltos complementados por uma trança-tiara.
As produções usadas por Ivete foram escolhidas pela sua figurinista Patrícia Zuffa que trabalha com a cantora há mais de 10 anos

CARNAVAL 2013

 
 
 
Os figurinos usados pela cantora no carnaval deste ano foram todos inspirados em seu novo álbum, Real Fantasia.
 
 O look celestial é composto por um vestido branco completamente transparente, sobre um body nude. Nos olhos, Ivete carregou na sombra azul metalizada e arrasou!


 Fotos: divulgação














terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

LUIZ GONZAGA: NO CENTENÁRIO DO POETA SANFONEIRO,O CARNAVAL CANTA O BAIÃO

Vamos matar a saudade do Rei do Baião.
Lula e sua Sanfona Branca
Enredo: “O dia em que toda a realeza desembarcou na avenida para coroar o rei Luiz do sertão”

Samba da Unidos da Tijuca:

Segue a letra do samba, composto por Vadinho, Josemar Manfredini, Jorge Callado, Silas Augusto e Cesinha:
Nessa viagem arretada
“Lua” clareia a inspiração
Vejo a realeza encantada
Com as belezas do Sertão
“Chuva, sol”, meu olhar
Brilhou em terra distante
Ai, que visão deslumbrante, se avexe não
Muié rendá é rendeira
E no tempero da feira
O barro, o mestre, a criação

Mandacaru, a flor do cangaço
Tem “xote menina” nesse arrasta-pé
Oh! Meu Padim, santo abençoado
É promessa, eu pago, me guia na fé

Em cada estação, a “triste partida”
Eu vi no caminho vida severina
À margem do Chico espantei o mal
Bordando o folclore, raiz cultural
Simbora que a noite já vem, “saudades do meu São João”
“Respeita Véio Januário, seus oito baixo tinhoso que só”
“Numa serenata” feliz vou cantar
No meu Pé de Serra festejo ao luar
Tijuca, a luz do arauto anuncia
Na carruagem da folia, hoje tem coroação

A minha emoção vai te convidar
Canta Tijuca, vem comemorar
“Inté Asa Branca” encontra o pavão
Pra coroar o “Rei do Sertão”

O governo de Pernambuco tornou 2012 o Ano Cultural Luiz Gonzaga e a escola de samba carioca Unidos da Tijuca fez de Gonzagão seu enredo. 
Desfilou  nesta segunda-feira, 20.

Em 13 de dezembro de 1912, nasceu o Rei do Baião, no pequeno vilarejo com o emblemático nome de Exu, no sertão pernambucano, e recebeu o nome de Luiz Gonzaga Nascimento. Luiz porque era dia de Santa Luzia, Gonzaga por sugestão do vigário que o batizou, e Nascimento por ser o mês em que Maria deu à luz Jesus. Ele era filho de Ana Batista de Jesus, uma cabocla bonita conhecida como Santana, e de Januário José dos Santos, o único tocador de sanfona da região, um fole de oito baixos.

Segundo dos nove filhos do casal, aos 8 anos já empunhava sua sanfona e recebia cachê para cantar e tocar a noite inteira em festas da região. Em 1920, era famoso por lá. Quatro anos depois, por causa de uma enchente, a família se mudou para Araripe. Lá, Gonzaga adquiriu um fole Kock de oito baixos, com a ajuda de um coronel, que pagou a metade do preço do instrumento. Luiz Gonzaga já ganhava mais que o pai, mas não tanto para comprar sozinho o fole, muito acima de suas posses.

Em 1926, ele foi para o Rio de Janeiro. Lá, se apaixonou por Nazarena, mas o pai da moça não gostou nem um pouquinho do namoro. Arrumou uma confusão e acabou vendendo sua sanfoninha de oito foles, indo em seguida para o Ceará. Aumentou sua idade para entrar no exército, e virou soldado Nascimento. Correu o país em missões militares durante a Revolução de 1930. Enquanto isso, seu pai, mestre Januário, conseguiu reaver a sanfona que Gonzaga tinha vendido. Gonzaga continuou no exército e, nas horas de folga, não deixava de ouvir músicas no rádio. Aí, decidiu fazer um concurso para músico, no exército mesmo – mas foi reprovado. Não conhecia a escala musical. Então, virou soldado-corneteiro e ganhou o apelido de Bico de Aço. Ainda no exército, em 1936, aprendeu a tocar sanfona de 120 baixos; comprou uma de 48 baixos e tocou em algumas festas. Ele pagou uma pequena fortuna para comprar uma sanfona branca, Honner, de 80 baixos, de um caixeiro-viajante. Só que o cara era um vigarista. Luiz Gonzaga, que a essa altura servia em um quartel em Ouro Preto (MG), foi então pra São Paulo atrás do vendedor pilantra. Não conseguiu achar o sujeito, mas não voltou de mãos vazias. Com o dinheiro que faltava pagar ao caixeiro-viajante, comprou uma sanfona igualzinha a que o fulaninho que o enganou ofereceu a ele.


Em 1939, Gonzaga deu baixa do exército. Voltou para o Rio com intenção de, de lá, ir para casa em Exu. Mas acabou ficando na Cidade Maravilhosa. Foi no Rio que apresentou pela primeira vez em um palco, o cabaré chamado O Tabu. 
Ritmos estrangeiros invadiram o país como consequência da grande guerra e Luiz Gonzaga não se fez de rogado: tocava todo tipo de música, incluindo blues e fox trot. Voltando às raízes, em 1940 foi ao programa de rádio de Ary Barroso, Calouros em Desfile; tocou a música “Vira e Mexe”, de sua terra, e conseguiu nota máxima. Então, ele foi trabalhar com Zé do Norte no A Hora Sertaneja, programa da Rádio Transmissora. No ano seguinte, assinou contrato com gravadora RCA Victor e lançou 4 músicas em um disco de 78 rotações. Gravou mais dois e ganhou destaque na mídia. Gonzagão gravou 30 discos instrumentais - não podia cantar neles por imposição da gravadora. Seu sucesso, até então, era apenas como sanfoneiro.


Em 1943, viu o sanfoneiro catarinense Pedro Raimundo se apresentar com roupas de gaúcho. Decidiu, então, vestir-se com roupas típicas do nordeste. E mais: irritou-se com a interpretação que Manezinho Araújo deu a uma composição sua em parceria com Miguel Lima: “Dezessete e Setecentos”. Resolve cantá-la. E aí seu sucesso só fez crescer, crescer e crescer. Gonzagão foi para a Rádio Nacional, onde Paulo Gracindo acabou divulgando seu novo apelido, Lua, por ter cara redonda. Em 1945, gravou seu primeiro disco tocando e cantando. O hit é “Dança Mariquinha”. O sucesso aumentou. Gravou mais e, em 1947, lançou a música que é um ícone de sua obra e um dos grandes clássicos da MPB: “Asa Branca”, em parceria com Humberto Teixeira. Foi também nessa época que adotou o acessório que marcou sua imagem, um chapéu de couro igual ao que Lampião usava. No ano seguinte, casou-se com Helena das Neves. Mas Luiz Gonzaga já tinha um filho de 3 anos de uma relação anterior, Luiz Gonzaga do Nascimento Junior. Posteriormente, adotou uma menina com Helena, a Rosa Maria.

Em 1949, muito preocupado com a violenta guerra entre coroneis que acontecia em Exu, resolveu trazer a família para o Rio.


Começou a compor muito, principalmente em parceria com Humberto Teixeira e Zé Dantas. Suas músicas passaram a ser gravadas também por outros intérpretes e, em 1951, ele já era o Rei do Baião. A gravadora RCA Victor trabalhava praticamente só para ele. Em 1955, gravou seu primeiro disco de 45 rotações e, em seguida, o primeiro LP, de 10 polegadas e 33 rotações. Em 1958, no auge da Bossa Nova, gravou um LP de 12 polegadas: Xamego.


Em 1961, Luiz Gonzaga resolveu virar Maçom. Sofreu seu segundo acidente de carro e feriu o olho direito. Dois anos depois, sua sanfona Universal foi roubada e ele adotou, definitivamente, a sanfona branca. Mandou gravar “É do Povo” em todos os seus instrumentos.

Depois do golpe militar, em 1965, Geraldo Vandré gravou “Asa Branca” e Gilberto Gil começou a falar do Rei do Baião em suas entrevistas. Luiz Gonzaga gravou “Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores”, hino contra a ditadura, e “Fica Mal com Deus”, ambas compostas por Vandré.


Aconteceu uma coisa engraçada em 1968. Carlos Imperial começou a espalhar que os Beatles gravaram “Asa Branca”! Mentira, claro. Luiz Gonzaga ocupou de novo muito espaço na imprensa por causa dessa brincadeira e virou destaque na revista Veja com a matéria “Gonzaga: a volta do Baião”. Em 1971, Caetano Veloso e Sérgio Mendes gravam “Asa Branca”. O nordestino de Exu virou sucesso entre os hippies.


No ano seguinte, aos 59 anos, Gonzaga se apresentou para um público jovem no Teatro Teresa Raquel, no Rio, uma iniciativa de Capinam. Deixou a RCA Victor e foi para a Odeon. O grego Demis Roussos também gravou “Asa Branca”, em versão em inglês, “White Wings”.


Em 1980, ele cantou para o Papa João Paulo II e recebeu um “obrigado, cantador”. Ele se emocionou muito. Em 1982, virou, enfim, Gonzagão. O filho, Gonzaguinha, o acompanhou numa turnê e já mostrava que só daria orgulho ao pai. Os dois haviam gravado juntos o LP Descanso em Casa, Moro no Mundo, grande sucesso. Em 1984, ganhou seu primeiro Disco de Ouro com o LP Danado de Bom. Três anos depois, veio o Disco de Platina com Forró de Cabo a Rabo. Em 1988, foi para a gravadora Copacabana. Lá gravou seus últimos LPs.




Naquele ano, separou-se de Helena e assumiu a relação com Edelzuíta Rabelo. Em 1989, Gonzagão se apresentou pela última vez, surgindo no palco em uma cadeira de rodas. Ele sofria de osteoporose e, desobedecendo ordens médicas, participou de um show, com Dominguinhos, Alceu Valença e Gonzaguinha, entre outros, no dia 6 de junho no teatro Guararapes, em Recife. No dia 21 de junho foi internado e morreu no dia 2 de agosto, aos 76 anos, no Hospital Santa Joana, na capital pernambucana. Curiosamente, nesse mesmo dia, uma galinha pela qual Luiz Gonzaga tinha grande estima morreu também. A galinha estava em uma das fazendas que o Rei do Baião havia vendido com tudo dentro, fazendo, porém, uma recomendação especial para cuidarem muito bem da bichinha. Dizem que ela morreu de tristeza.


foto: divulgação

fonte:



segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

SELEÇÃO DE VESTIDOS E OS PERFUMES QUE COMBINAM PERFEITAMENTE

Aproveitando todo o glamour das belíssimas celebridades que cruzaram o tapete vermelho do Oscar, fizemos uma seleção de belíssimos vestidos e os perfumes que combinam perfeitamente com cada um deles, seja pela personalidade ou pela beleza de seu frasco, cujas formas refletem no vestido.


MISS DIOR CHÉRIE EDT FEMININO
Delicado e feminino, Dior sempre preza pela beleza e pela elegância da alta costura. Os tons de rosa lembram o frescor da primavera, neste caso, um lindo jardim francês de rosas.

ARMANI CODE DONNA

Armani é um mestre da alta costura, isso é inegável. Na arte de fazer perfumes ele repete esse feito com um aroma sedutor que se traduz na forma da beleza de tons deste vestido. O azul é uma cor muito versátil, seus inúmeros degradês criam efeitos visuais maravilhosos na leveza deste vestido.

J'ADORE - DIOR
A elegância do nude se traduz em vestidos elegantes, charmosos e delicados, como este maravilhoso exemplar do próprio Christian Dior, que transforma tudo o que coloca a mão em sucesso, como este perfume maravilhoso e sensual, que é um recordista de vendas.

GLOW AFTER DARK - JENNIFER LOPEZ
Toda a sensualidade de um longo iluminado por um tecido metálico é indescritível. A fragrância de Jennifer Lopez remete à diversão durante a noite e ao brilho que as mulheres trazem aos lugares que adentram. Portanto, nada mais impactante do que um belo longo que evidencia as curvas femininas.

ROCK'N DREAMS - VALENTINO

É possível misturar a beleza do feminino com a ousadia do rock? Sim! O resultado é um vestido marcante e memorável, porém, sem perder o charme e a graça das formas femininas. O perfume de Valentino é exatamente assim, suave, mas ao mesmo tempo intrigante.

FANTASY - BRITNEY SPEARS

Não só de longos são feitos os vestidos do glamour! Sim, os curtinhos também podem brilhar, e este modelito em pink é ousado, irreverente e muito charmoso, assim como o perfume de Britney Spears, que tem um estilo próprio e é muito querido. Vale a pena ousar de vez em quando, você só precisa se sentir confiante!

FLOWER BY KENZO
Algumas vezes, é preciso um ou dois detalhes a mais para complementar um glamouroso vestido. Neste caso, o vestido branco ganha elegância e charme com um cinto vermelho, em sintonia com a maquiagem. Sem excessos, o conjunto fica bonito e marcante, exatamente como esta obra prima de Kenzo.

BEYONCÉ HEAT

Garota-propaganda de seu próprio perfume, Beyoncé prova que as mulheres de pele morena devem abusar de tons fortes que enfatizam o contraste com sua pele e iluminam a composição. O laranja do belo vestido que ela usa no cartaz do perfume é flamejante, tal qual força de seu primeiro perfume. Sinta-se poderosa!

ALIEN RECARREGÁVEL - THIERRY MUGLER

Poucas mulheres tem a coragem de ousar em um vestido violeta como Megan Fox. Ousada, determinada e confiante de si, ela rouba todos os olhares quando atravessa o tapete vermelho. O impacto de um vestido com essa cor é o mesmo que esse exótico perfume de Thierry Mugler. Uma fragrância única e impactante.

ABSOLUTELY IRRÉSISTIBLE - GIVENCHY

Poucas coisas chamam mais a atenção no tapete vermelho do que um vestido vermelho usado com elegância. Poderosa, esta cor é como o perfume de Givenchy: irresistível. A cor da paixão dá a mulher sensualidade e poder para conquistar a tudo e a todos ao seu redor. Não deixe de experimentar esse poder.



fotos: divulgação


O PERFUME QUE COMBINA COM SUA PERSONALIDADE

A escolha da fragrância deve considerar a personalidade de cada pessoa

PRINCESSE - MARINA DE BOURBON
 Para mulheres clássicas, elegantes e extremamente femininas.

FANTASY
Para mulheres que são sedutoras, cativantes e sonhadoras, estilo mulher fatal.

212 SEXY

Para amantes desta maravilhosa fragrância misteriosa e sensual.

ANGEL



Para mulheres ativas, sensuais, conquistadoras, ternas e carinhosas.

LILY ESSENCE


Para mulheres luxuosas e glamourosas onde elegância e sofistiação estão naturalmente representada pelo primeiro Eau de Parfume do Boticário

GLAMOUR SECRETS ROSE

Para mulheres delicadas que quer passar uma elegância com um toque especial.

EGEO DOLCE WOMAN

Para mulheres que sabem o que querem e principalmente, para aquelas que gostam de marcar presença é ideal. 


fotos: divulgação

domingo, 19 de fevereiro de 2012

HORÓSCOPO DAS DIVAS DO CINEMA

Nesse horoscopo voce descobre qual diva do cinema é do mesmo signo que o seu.

ÀRIES
CLAUDIA CARDINALE
Nasceu em 15 de abril de 1938 na Tunísia.  
Lua em Escorpião, ascendente em Touro e Tigre no Horóscopo Chinês. As arianas são muito impulsivas, passionais e sabem sempre o que querem. São pessoas que tem o dom de mandar e um caráter muito forte e positivo. Tem claro o que querem de sua vida. São mulheres atraentes e gostam de chamar a atenção. Não gostam que sejam mandadas. No amor, gostam que sejam tratadas com a mesma paixão que elas são capazes de dar.

TOURO
AUDREY HEPBURN
Nasceu em 04 de maio de 1929 na Bélgica.
 Lua em Touro, ascendente em Aquário e  Serpente  no Horóscopo Chinês. As taurinas são auto-suficientes.  Para  conseguir seus objetivos, sobretudo profissionais, são capazes de grandes sacrifícios. Podem ser reconhecidas facilmente, porque são finas, elegantes e bem vestidas. São muito ligadas nos aspectos físicos, no lar e em seu trabalho. São trabalhadoras, pacientes e lutadoras

GÊMEOS - MARILYN MONROE
Nasceu em Los Angeles em 01 de junho de 1926.
 Lua em Aquário, ascendente em Leão e Tigre no Chinês. Como boas geminianas, gostam de viver cada momento e quanto mais intenso for, melhor. A mulher de gêmeo se caracteriza por ser esperta, engraçada, inteligente, inovadora, apaixonada por aventura e quando inicia uma relação, não pensa no futuro.

CÂNCER - GINA LOLLOBRIGIDA
Nasceu na Itália em 04 de julho de 1927. 
Lua em Virgem, ascendente em Gêmeos e Gato no Chinês. As mulheres cancerianas mudam muito de humor, porém são fortes e protetoras. É perceptiva, intuitiva, sensível, sentimental. Esta sempre melhor quando casada, e demonstra grande amor por seus entes queridos.

LEÃO - LUCILLE BALL
Nasceu  em 06 de agosto de 1911 em Jamestown.
 Lua em Capricórnio, Ascendente em Capricórnio e no Chinês, Porco. A leonina é muito versátil e pode fazer diversas coisas ao mesmo tempo. É incansável, trabalhadora e muito organizada e quando pensa em um objetivo, não há nada que consiga  pará-la.  Tem um caráter forte, porém igual quando se exalta, é capz de acalmar-se e se tiver que pedir perdão, fará sem nenhum problema.

VIRGEM - SOFIA LOREN

Nasceu em 20 de setembro de 1934 em Roma. 
Lua em Aquário, ascendente em Capricórnio e Cachorro no Chinês. A mulher de Virgem é generosa e amável, até ao ponto de deixar suas prioridades de lado. É uma pessoa de total confiança. Entrega-se de corpo e alma para quem necessita de sua ajuda.

LIBRA - BRIGITTE BARDOT
 Paris em 28 de setembro de 1934.
 Lua em Gêmeos, ascendente em Sagitário e Cachorro no Chinês. Dificilmente uma mulher de Libra será vista discutindo. Tem grande beleza física e sabe dar um toque pessoal a tudo que faz. Procura deixar as pessoas confortáveis e em paz. É uma mulher tranqüila e pacífica.

ESCORPIÃO - GRACE KELLY 
Nasceu em Pensilvânia em 12 de novembro de 1929. 
Lua em Peixes, ascendente em Escorpião e Serpente no Chinês. As pessoas que estão próximas da mulher de escorpião se sentem seguros e protegidos. No amor, pede ao seu lado uma pessoa criativa para que a relação não caia na rotina e monotonia. É sedutora e irresistível, porém dentro de si, esconde uma mulher muito ligada à família e ao lar.

SAGITÁRIO - JANE FONDA
Nasceu em 21 de dezembro de 1937 em Nova York.
 Lua em Leão, ascendente em Capricórnio e Búfalo no Chinês. As mulheres de Sagitário têm muito claro o que querem e onde querem chegar. É trabalhadora, inteligente, bem humorada e sempre consegue alcançar suas metas mais altas.

CAPRICÓRNIO - AVA GARDNER
Nasceu na Carlina do Norte em 24 de dezembro de 1922.
 Lua em Peixes, ascendente em Câncer e Cachorro no Chinês. Com seu parceiro é muito exigente, já que pede  o mesmo que dá, e si não consegue, pode chegar a extremos em conseqüência de ciúmes. Inclusive pensar em uma separação. Uma capricorniana é família antes de tudo, ama ficar em casa com sua família e amigos.

AQUÁRIO - LANA TURNER
Nasceu em Idaho em 08 de fevereiro de 1921.
 Lua em Aquário, ascendente em Gêmeos e no Chinês Rato. A mulher de Aquário a tudo que faz, dá um toque especial e pessoal, podendo ser no seu trabalho ou no seu lar, e inclusive na sua maneira de vestir, pode por vezes ser extravagante. Ela é divertida, rápida, esperta, demasiado possessiva e em muitas ocasiões, sobretudo com seu parceiro e filhos, onde o ciúme se coloca em evidência.

PEIXE - ELIZABETH TAYLOR
Nasceu em Londres em 27 de fevereiro de 1932.
 Lua em Escorpião, ascendente em Sagitário e Macaco no Chinês. A pisciana demonstra facilmente afeto. É sensível, terna e a mais carinhosa do zodíaco. É a companheira perfeita, amiga e grande parceira. 



fotos: divulgação